3 dicas de como atender o cliente na Advocacia Criminal

3 dicas de como atender o cliente na Advocacia Criminal

Muitos advogados criminalistas ficam em dúvida na hora de atender o cliente na Advocacia Criminal. Como proceder no momento da consulta? Como coletar todas as informações importantes para uma boa defesa na Advocacia Criminal? Recebo muitas perguntas envolvendo o tema, e hoje resolvi trazer aqui 3 dicas rápidas e de cunho prático para você que possui essas dúvidas!

Eu sou a Cris Dupret, advogada criminalistas com experiência de quase 20 anos nessa área. Coordeno o Curso de Prática na Advocacia Criminal no IDPB e lá ensino aos meus alunos outros aspectos muito importantes para a sua atuação na prática da Advocacia Criminal.

O Curso de Prática na Advocacia Criminal te ensina desde os aspectos mais básicos como o atendimento ao cliente, até as atuações mais complexas como a sustentação oral. E ele está com uma condição imperdível! Para ter acesso vitalício ao curso CLIQUE AQUI e ao fazer sua matrícula, escolha o acesso vitalício – ao invés de 1 ano de acesso, você poderá acessar enquanto o curso existir!

A importância de um bom atendimento ao cliente

Vários detalhes da prática criminal, infelizmente, não aprendemos na faculdade. Por esse motivo, que o surgimento dessas dúvidas e inseguranças são extremamente comuns entre os Advogados iniciantes na prática penal.  

Na verdade, acabamos aprendendo esses detalhes importantes com a experiência do dia a dia, ou através de troca de experiências com colegas Advogados a mais tempo. Fato é que, alguns desses detalhes da prática penal fazem toda a diferença na sua Advocacia Criminal.

Hoje, escolhi conversar com você sobre a importância de como atender o seu cliente da forma correta e como coletar dele todos os dados importantes para a construção da sua defesa.

Afinal de contas, a qualidade da tese defensiva que você será contratado a elaborar, irá depender de vários fatores, mas o atendimento ao cliente pode impactar diretamente no serviço que irá realizar naquele caso concreto.

Inicialmente, se já existe um processo ajuizado, você deverá consultá-lo, tirar cópias e estudá-lo, de forma minuciosa, para analisar todos os detalhes daquele caso concreto.

Entretanto, muitas vezes, o que você irá alegar ou as testemunhas que você irá arrolar, vai depender da narrativa dos fatos feita pelo próprio cliente no momento do primeiro atendimento.

Como atender o cliente na Advocacia Criminal

Nesse ponto, dou duas dicas importantes para você adotar no momento do atendimento ao seu cliente:

1) Grave o áudio do atendimento

A primeira dica é, caso o seu cliente dê o consentimento, grave o áudio do atendimento. Isso pode facilitar a sua prática penal, pois você poderá escutar o áudio no momento da elaboração da peça processual, te ajudando a lembrar dos detalhes do caso.

Além disso, escutando o áudio e analisando o caso com mais calma, você poderá escolher as melhores testemunhas a serem arroladas, se esse for o caso.

2) Peça ao cliente uma narrativa dos fatos por escrito

A segunda dica, que também é bastante válida, é que você peça ao seu cliente que ele escreva a narrativa dos fatos e todos os detalhes que ele acha importante lhe contar.

Se possível, dê a ele 3 (três) dias para esta tarefa. É óbvio que, se você não tiver esse tempo disponível, por conta de prazos processuais a serem cumpridos, peça urgência.

E se houver tempo, peça que ele escreva em um dia e leia no dia seguinte. Desta forma, ele pode lembrar de outros detalhes importantes que, enquanto escrevia, não veio a sua memória. Lembrando que, muitos desses detalhes podem ser de extrema importância para o caso, como em uma prova documental ou testemunhal que será produzida, por exemplo.

3) Realize um atendimento de qualidade

A terceira dica diz respeito a um atendimento de qualidade. Não esqueça que um cliente satisfeito é sinônimo de boas indicações e fidelização! De mais a mais, um atendimento de qualidade contribui para a construção de uma boa imagem e de uma boa reputação profissional.

Desta forma, não cometa o erro de negligenciar seu relacionamento com o cliente. Seja paciente e atencioso no atendimento ao seu cliente. Escute o que ele tem a dizer.

Após, procure retornar as ligações e responder os e-mails e mensagens o mais breve possível e sempre de maneira completa e atenciosa.

Seja sempre diligente para não permitir nenhuma arbitrariedade administrativa para com ele, caso ele já esteja em uma unidade prisional.

Sempre mantenha seu cliente bem informado sobre o andamento processual. Essa atitude passa uma imagem de zelo e preocupação com o caso e ajuda a evitar cobranças desnecessárias e repetidas.

Assim, quando você desenvolve um trabalho diferenciado perante seu cliente, estando sempre à disposição dele e da sua família para esclarecimentos ou dúvidas, se mostrando compreensivo com as dificuldades apresentadas, isso vai fazer com que a sua forma de trabalhar repercuta de forma positiva e você conquiste outros clientes.

Não se esqueça que a Advocacia Criminal envolve a análise aprofundada de tudo que aconteceu naquele caso concreto, seja o estudo do processo, caso ele já exista, ou da investigação que foi realizada, seja em sede policial ou se foi o caso de uma investigação defensiva. Não importa. O essencial é que você estude o conteúdo referente ao caso, para que você possa desenvolver, da melhor forma possível, todas as suas teses possíveis a favor do seu cliente.

Bom, essas são breves dicas de como atender o cliente na Advocacia Criminal e espero assim ter te ajudado!

Um Curso de Prática na Advocacia Criminal pode sanar essa dúvida sobre atendimento ao cliente e diversas outras dúvidas: Como se portar em uma audiência criminal? Como atuar em sede policial? Como identificar a peça mais apropriada na defesa do seu cliente? Com os conhecimentos teóricos, é bem desafiador para o Advogado Criminalista em início de carreira agir com segurança e consequentemente, conquistar mais clientes. Já com a prática na advocacia criminal, fica bem mais fácil.

 

LIVROS - CRISTIANE dUPRET

CLIQUE NA IMAGEM

Artigos Recentes

Pesquisar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.