Advocacia Criminal para iniciantes: Qual nicho escolher?

Advocacia Criminal para iniciantes: Qual nicho escolher?

Qual nicho escolher para atuar na Advocacia Criminal? Sempre recebo essa pergunta, principalmente dos advogados iniciantes, e sempre destaco a importância de se especializar dentro da Advocacia Criminal. Se você decidiu iniciar na Advocacia Criminal e já se especializou, agora você pode pensar em atuar em um determinado nicho da Advocacia Criminal.

Eu sou a Cris Dupret, presidente do IDPB e advogada criminalista na área consultiva, especialmente em Execução Penal. Atualmente, também coordeno o Curso Decolando na Execução Penal, que prepara estudantes e advogados em todo o Brasil, capacitando-os para a atuação na Execução Penal, um nicho bastante promissor.

Hoje, quero falar com você sobre a importância de nichar a sua advocacia criminal e outros pontos relacionados a esse tema. Vamos lá?

CLIQUE AQUI – Curso Completo de Advocacia Especializada em Execução Penal – curso teórico e prático, 100% on-line, com visualizações ilimitadas das aulas, certificado de conclusão e material de apoio, Banco de peças, modelos e jurisprudências, ambiente de dúvidas diretamente com a Professora Cris Dupret, acesso ao incrível ESCRITÓRIO VIRTUAL composto pela CALCULADORA ON-LINE E FICHA DE ATENDIMENTO DIGITAL PERSONALIZÁVEIS, ferramentas que facilitam demais a vida do advogado que deseja se especializar nessa área e muito mais!

O que o advogado criminalista faz?

Se você decidiu iniciar na Advocacia Criminal, acho importante a gente falar brevemente do papel do advogado criminalista na sociedade.  

A maioria da sociedade pensa que o Advogado Criminalista é o defensor dos bandidos. Infelizmente, ainda sofremos muito preconceito pela nossa escolha de atuar na área criminal. Ao longo da minha trajetória na Advocacia Criminal, principalmente no início da minha carreira, já ouvi muito isso. Na verdade, até hoje ainda escuto algumas “pérolas” dessas, o que é lamentável.

Ao longo do Curso de Prática na Advocacia Criminal, que também coordeno, os alunos trocam muitas ideias no grupo de whatsapp para interação e lá já vi muitos que também ouviram essas colocações. Contudo, o advogado que escolhe essa área para atuar, deve entender que está ali defendendo os direitos do seu cliente, e não o crime que ele cometeu ou está sendo acusado. Este é um ponto muito importante.

Além disso, muitos advogados criminalistas pensam que a advocacia criminal se resume em, necessariamente, visar, pedir e conseguir a absolvição do seu cliente. Porém, nem sempre é assim!

Diversas vezes, na advocacia criminal, você precisa trabalhar, por exemplo, com teses e pedidos subsidiários. Por isso que é tão importante, na advocacia criminal, que você estude muito bem e se prepare para a sua prática penal de uma maneira muito direcionada em relação aquelas teses que você deve desenvolver a favor do seu cliente, sejam as teses principais ou as teses subsidiárias.

O advogado criminalista, além de buscar a absolvição, deve buscar, por exemplo, a melhor e menor pena para seu cliente, o regime menos rigoroso naquela situação, e, para isso, ele deve ter o pleno domínio da prática criminal. Para ler mais sobre o papel do advogado criminalista, clique aqui.

Quais os benefícios de ser um advogado criminalista?

Há várias vantagens de ser advogado criminalista, principalmente se você escolher empreender na advocacia privada. Independência financeira e Possibilidade de lutar contra as injustiças são as mais pontuadas nesse sentido.

Caso queira empreender na Advocacia Criminal, seus ganhos podem ultrapassar e muito o que um juiz ou promotor recebem. É preciso seguir todo um caminho estratégico para alcançar esse sucesso na advocacia criminal. Digo isso por experiência própria. Mas, é totalmente possível! Umas das estratégias mais importantes para alcançar esse sucesso é escolher um nicho promissor para atuar na Advocacia Criminal. Vamos falar sobre isso mais adiante.

Leia também: Empreendedorismo Jurídico: Como Ser Um Advogado Empreendedor?

Outro benefício de ser um Advogado Criminalista é pode fazer a lei ser cumprida. Atuar contra o descumprimento da legislação, contra as prisões ilegais, contra as ilegalidades que ocorrem diariamente e atuar a favor das garantias constitucionais é algo fantástico e muito gratificante.

Além disso, na minha opinião, a maior das vantagens de ser advogada criminalista é trabalhar com o que amo! Imagina você escolher uma carreira em que não se identifica e que não te dá prazer? Portanto, o maior dos benefícios em ser advogado criminalista é fazer o que tem paixão em fazer!

Advocacia criminal é rentável?

Um ponto extremamente importante é saber se a Advocacia Criminal é rentável. É possível viver da qualidade da sua Advocacia Criminal? Essa pergunta é muito comum entre os advogados criminalistas iniciantes.

Geralmente, os advogados bem-sucedidos são aqueles que têm seu próprio escritório, já que assim, eles não ficam limitados a um teto salarial definido. No entanto, isso não impede que você comece atuando junto a uma banca já conhecida, em um grande escritório, principalmente para ganhar experiência.

Mas, já adianto que a depender do nicho que você escolher atuar na Advocacia Criminal, a sua rentabilidade pode ser bastante acima da média em comparação a outras áreas da advocacia. Obviamente, para tanto é preciso muita dedicação, muito esforço, muito estudo e a adoção de várias estratégias. Nada é fácil na vida, não é verdade?

Leia também: Advocacia Criminal é rentável?

Quais são os nichos da advocacia criminal?

Sabemos que o número de advogados hoje no país impressiona: quase 1 milhão e duzentos mil, segundo o Conselho Federal da OAB. Diante desse cenário, é óbvio que a concorrência na advocacia é grande! Porém, mesmo assim, há milhares de advogados criminalistas extremamente bem-sucedidos. Sabe por quê?

Esses advogados buscaram desenvolver diferenciais para se destacarem dentro desse mercado competitivo da advocacia. Claro que existe todo um caminho estratégico para alcançar esse resultado. E são caminhos possíveis: posicionar-se como autoridade, fazer uso do marketing jurídico, saber como alcançar o cliente, como atendê-lo, como mostrar o valor dos seus honorários, escolher um nicho interessante e muito mais.

Hoje, o foco do nosso artigo é falar sobre a escolha do nicho. Definir um nicho de atuação dentro da advocacia criminal gera a possibilidade maior de identificação das medidas para prospecção de clientes, pois, sabendo em qual nicho você atua, sabe-se quem é o seu potencial cliente. Essa pode ser uma boa estratégia para alavancar sua carreira na prática penal.

É certo que, na Advocacia Criminal, você poderá ter acesso à muitas oportunidades, a depender do nicho escolhido. Vou destacar aqui alguns nichos da Advocacia Criminal para você que ainda não decidiu em qual deles atuar ou, até mesmo para você que já é advogado criminalista e ainda atua como generalista!

Há advogados que atuam apenas com os crimes tradicionais como furto, roubo, lesão corporal etc. Há ainda quem atue especificamente com delitos de trânsito; Lei Maria da Penha; porte de armas; crimes contra o meio ambiente; crimes previdenciários; crimes cibernéticos; crimes empresariais; dentro muitas outras atuações.

Mas, há também aqueles advogados criminalistas que se especializam em nichos ainda mais específicos como a atuação em habeas corpus; acompanhamento de inquéritos estaduais e federais; ampla defesa em Tribunais Superiores; organização criminosa; Criminal Compliance; Advocacia Consultiva; Tribunal do Júri, por exemplo. Aqui, vale ressaltar que a advocacia especializada em tribunal do Júri é um nicho bastante interessante, porque poucos são os advogados que atuam no Plenário do Júri e um número ainda menor que atua com qualidade.

Muitos advogados que trabalham com casos de crimes contra a vida, acabam “terceirizando” o momento da atuação no Júri para outro colega que tenha experiência. Portanto, este pode ser um nicho com grandes oportunidades.

A escolha do nicho pela rentabilidade

Agora, existem alguns nichos que são mais promissores que outros. A Execução Penal, por exemplo, é um nicho muito pouco explorado pelos Advogados Criminalistas, apesar de ser extremamente importante, pois trata-se de uma fase em que a liberdade do seu cliente está cerceada, ocasião em que ocorre enorme violação das disposições constitucionais e legais.

Além de outras vantagens, a Execução Penal é um nicho que proporciona uma melhor prospecção de clientes, já que a maioria deles estão no estabelecimento prisional, onde eles se comunicam entre si e acabam indicando o seu serviço se for prestado com excelência. É obvio que isso reflete diretamente na sua rentabilidade. Em outras palavras, você consegue conquistar mais clientes por indicação e, aos poucos, você poderá aumentar seus honorários, pois seus clientes te procurarão pela qualidade do seu trabalho.

Então, se você está buscando um nicho dentro da Advocacia Criminal para atuar, ser especialista em execução penal pode ser um caminho próspero, já que existe pouca oferta no mercado, ou seja, existem poucos especialistas neste nicho.

Outro nicho interessante para atuar na Advocacia Criminal é a realização de Audiências de Custódia. Milhares de audiências de custódia ocorrem diariamente, por isso, a procura por advogados criminalistas especializados para a realização de Audiências de Custódia só vem aumentando. O problema (ou oportunidade) é que, poucos são os advogados criminalistas que sabem, na prática, realizar audiências.

Por esse motivo, a realização de Audiências de Custódia pode ser um nicho muito interessante de se especializar. Além de ser um nicho que pode ser bastante rentável.

Qual nicho escolher?

Você já deve ter me ouvido falar que “quem quer fazer tudo acaba não fazendo nada”, e isso é uma realidade na advocacia. Se você é um advogado iniciante, naturalmente, vai começar atuando como generalista ou “clínico geral”, aceitando quase tudo que aparecer para poder começar a ganhar algum dinheiro. Isso é comum e não é de todo errado no início, porém, tenha em mente o seu objetivo e haja dentro dos limites dele.

Então, defina a sua prioridade, qual seja, escolha um nicho interessante, pouco explorado, se especialize nele, e trace as metas para que isso se concretize. Claro que, além desses critérios, você precisa escolher um nicho que você tenha maior interesse, paixão e satisfação de atuar. Sempre destaco que, saber se o nicho é rentável é muito importante, mas você precisa aliar esse critério com o que você realmente gosta de trabalhar. Concorda?

Muitos livros sobre Advocacia estratégica e marketing jurídico destacam a necessidade de que o Advogado do futuro escolha um nicho e se restrinja a ele. É certo que o mercado jurídico está saturado para os clínicos gerais, mas possui uma enorme margem de crescimento para os especializados/nichados.

E não é somente escolher o nicho interessante de atuação dentro da Advocacia Criminal. É preciso se especializar nele, se qualificar adequadamente para atuar com autoridade naquela área. Esse é um caminho para você, com o tempo, poder aumentar seus honorários pelo seu trabalho de especialista!

A Advocacia Criminal oferece inúmeras oportunidades, de acordo com o nicho escolhido. Com o passar do tempo, o Advogado Criminalista, ainda que inconscientemente, passa a atuar com maior foco em determinado nicho.

Como falei acima, definir um nicho de atuação dentro da área criminal resulta em uma definição ainda maior das prioridades quanto às medidas para prospecção de clientes. Portanto, sabendo em qual área específica atua, sabe-se quem é o potencial cliente. Logo, é mais fácil imaginar o que ele faz ou lê, onde frequenta, quem pode indicá-lo etc.

Na Advocacia Criminal, temos vários nichos como a execução penal, a advocacia consultiva, o Criminal Compliance, advocacia especializada em Tribunal do Júri, a investigação defensiva, a realização de audiências de custódia, enfim, muitos outros nichos interessantes e pouco explorados no mercado.

Eu sou especialista no nicho da Execução Penal e digo que este é um dos nichos mais promissores que temos hoje.

Este é um dos primeiros passos para se alcançar o crescimento profissional que se deseja na Advocacia Criminal.

Bom, esperamos ter contribuído com você que está pensando em iniciar na Advocacia Criminal.

LIVROS - CRISTIANE dUPRET

CLIQUE NA IMAGEM

Artigos Recentes

Pesquisar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Que tal conseguir muitos clientes advogando em Execução Penal?

Curso com Interação entre os alunos dentro de um grupo exclusivo, além de banco de peças editáveis, aulas em vídeo, ambiente de dúvidas e muito mais!

PARCELAMENTO NO BOLETO