fbpx

Iniciação à Advocacia Criminal

Muitos advogados iniciantes, ainda não sabem em que área atuar e se especializar. Nesse sentido, recebo muitas perguntas sobre o início na Advocacia Criminal.

E os motivos que fazem o advogado ou advogada escolher o rumo da advocacia criminal são extremamente relevantes, pois são eles que irão te trazer solidez na sua vida profissional.

Veja o vídeo baixo e, depois, continue a leitura:

ATENÇÃO: Clique Aquiassocie-se ao IDPB, tenha acesso imediato a 4 cursos completos e entre em um grupo do whatsapp com interação entre advogados de todo o Brasil.
Curso de Prática na Advocacia Criminal (CLIQUE AQUI) – A Professora Cristiane Dupret dá o passo-a-passo necessário para iniciar na Advocacia Criminal, desde a escolha do nicho e contato com o cliente até a atuação recursal e oral. Modelos de peças editáveis, material de apoio, ambiente de dúvidas, grupo de whatsapp para interação entre os alunos e alunas do curso e muito mais.

 

Sou a Cris Dupret, tenho mais ou menos 20 anos de experiência na Advocacia Criminal e como Professora de Direito Penal e Direito Processual Penal. Atualmente, atuo mais na área de consultoria e sou a coordenadora e mentora do treinamento online do IDPB de Prática na Advocacia Criminal.

Quando desenvolvi esse curso de prática, pensei em como poderia auxiliar aqueles advogados iniciantes que desejavam começar na área criminal, mas não tinha ideia de como dar esse primeiro passo.

Por isso, temos no curso desde o primeiro módulo onde ensino como escolher o nicho de atuação, como desenvolver um mindset defensivo, a importância da especialização e da oratória, até os módulos sobre elaboração das peças processuais, atuação em fase policial, cadeia de custódia, identificando nulidades, sustentação oral e muitos outros temas essenciais à sua atuação na prática penal.

O Curso de Prática na Advocacia Criminal nasceu exatamente desse meu desejo de oferecer aos advogados iniciantes o passo a passo de como atuar na prática criminal, mas também auxiliar os advogados criminalistas já atuantes que querem se atualizar e os estudantes de direito em períodos finais da faculdade que pretendam advogar na área criminal.

Por que atuar na Advocacia Criminal?

No artigo de hoje, quero compartilhar alguns dos motivos que me levaram a escolher a Advocacia Criminal e que podem te ajudar a decidir por esta área também.

Uma das perguntas que mais recebo é: quais são os principais motivos para ingressar na advocacia criminal? Essa é uma dúvida que assombra muitos alunos e alunas aprovados no Exame de Ordem e que, mesmo identificando que possuem grande afinidade com o Direito Penal, ainda se sentem inseguros para exercer a Advocacia Criminal, e se acham completamente perdidos nesse início da carreira profissional.

Bom, obviamente que já passei por isso anos atrás e sei o quanto essa fase é desafiadora na sua vida. Mas fique tranquilo(a), pois o surgimento dessas dúvidas e inseguranças são extremamente comuns entre os Advogados(as) iniciantes na prática penal.  

Entretanto, se você sempre quis ingressar na Advocacia Criminal, antes de qualquer coisa, você precisa saber que dedicação é a palavra de ordem, uma vez que não existe fórmula mágica para o sucesso profissional! Existe sim, muito estudo, esforço, disciplina e CONSISTÊNCIA!

Agora, com o intuito de te ajudar a decidir pela advocacia criminal, abaixo listo 5 motivos importantes para sua iniciação à Advocacia Criminal:

  1. Trabalhar com o que tem afinidade e paixão é a melhor escolha

Inicialmente, o primeiro motivo que acredito ser importante considerar é a sua afinidade com a área. Você já deve ter sentido isso lá no começo da faculdade, quando iniciou os estudos de Direito Penal e Processual Penal. Possivelmente, você até escolheu essa matéria para a segunda fase da OAB, justamente pela afinidade.

É claro que, para muitos no mercado de trabalho, essa não é uma escolha possível, contudo, se você está em busca do ingresso na advocacia criminal é porque você sente uma afinidade por esta carreira, e isso já é um grande motivo para iniciar a sua especialização nessa área.

Sempre digo que, na verdade, eu não escolhi ser advogada criminalista, mas foi essa carreira que me escolheu! E trabalhar com o que você gosta, é uma das grandes satisfações que você poderá sentir na sua vida profissional. Pense nisso! Este é um dos maiores motivos para ingressar na advocacia criminal.

  1. A advocacia criminal possui um mercado estável

Independentemente de qualquer crise no país, a advocacia criminal estará sempre em alta, diferente de outras áreas do direito que são mais procuradas apenas em momentos de crise, como é o caso da área trabalhista ou de família.

Portanto, em todo o momento são realizadas denúncias pelo Ministério Público e investigações pela Polícia. E, nesse sentido, sempre haverá a necessidade de atuação dos advogados criminalistas se dedicando à defesa de pessoas físicas ou jurídicas, iniciando pelas investigações, indo até o tribunal, se for o caso.

  1. Ampla oportunidade de atuação na advocacia criminal

Quando pensamos em advocacia criminal, é comum que o tribunal do júri seja a primeira imagem que vem a nossa mente. Porém, a carreira não se resume a presença do profissional em julgamentos.

Existem vários nichos interessantes e possíveis de um advogado criminalista atuar, como a advocacia consultiva, que nos últimos anos, tem ganhado cada vez mais espaço no mercado; Criminal Compliance, outro nicho em alta, já que as empresas têm adotado diversas medidas preventivas para evitar grandes transtornos futuros; Advocacia especializada em Execução Penal, um nicho super promissor que venho preparando centenas de advogados no Curso Decolando, enfim, muitas outras oportunidades que você poderá escolher para se especializar na área criminal.

Leia também: Qual nicho escolher para advogar

  1. O Direito Penal é o assunto bastante comentado

O Direito Penal é uma das áreas do Direito mais conhecidas, estando sempre em evidência nos noticiários, nas novelas, nas séries, filmes, livros, entre outros.

Por este motivo, você terá a possibilidade de estudar e trabalhar com assuntos universais, ou seja, que todos têm interesse.

  1. Na advocacia criminal, os honorários não são limitados ao valor da causa

Verdade seja dita: na Advocacia Criminal, o profissional tem a possibilidade de ganhar muito mais que em qualquer cargo público. Mas claro que a questão financeira não deve ser o motor principal da vontade do operador do direito escolher a advocacia privada ou mesmo um cargo público

Contudo, é interessante você saber que os honorários nessa área não são limitados a um valor da causa, diferente de outras áreas do direito. 

Leia também: Quanto ganha um Advogado Criminalista?

Em suma, esses são alguns motivos para você que ainda estava na dúvida sobre ingressar na advocacia criminal.

No Curso de Prática na Advocacia Criminal te ensino desde o contato com o cliente; como se portar em uma audiência criminal; como atuar em sede policial; como identificar a peça mais apropriada na defesa do seu cliente; até as atuações mais complexas como sustentação oral, por exemplo. Fazer o curso de prática é um primeiro passo para alavancar sua carreira.

A advocacia criminal é uma área de atuação apaixonante e fantástica! Só depende de você fazer com que a sua carreira decole para o sucesso!

Se curtiu esse conteúdo, comente abaixo e dê sugestões de temas que gostariam de ver nos próximos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AULAS E MODELOS

Da contratação e captação de clientes

à sustentação oral

CONHEÇA O CURSO

PRÁTICA NA ADVOCACIA CRIMINAL

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

&

Receba Atualização Diária