fbpx

O que fazer após pegar a carteira da OAB? Advocacia Criminal pode ser a sua opção

O que fazer após pegar a carteira da OAB? Advocacia Criminal pode ser a sua opção

Muitos profissionais que concluem a faculdade de Direito e são aprovados no Exame de Ordem, enfrentam diversas dúvidas diante da escolha de qual rumo dar a sua carreira. É certo que um profissional formado em Direito possui um amplo leque de possibilidades. Mas, a Advocacia Criminal pode ser a sua melhor opção!

Eu sou a Cris Dupret, presido o IDPB, sou pós-graduada em Direito Penal Econômico e Mestre em Direito, autora de diversas obras jurídicas e advogada consultora. E hoje quero dividir com você algumas orientações do que fazer após se formar e te mostrar que a Advocacia Criminal pode ser a sua opção de especialização.

Antes de iniciar o tema, se você tem interesse em se especializar em Advocacia Criminal, não deixe de se inscrever gratuitamente na Aula Magna de Especialização na Advocacia Criminal, que ocorrerá online entre os dias 12 e 13 de abril. CLIQUE AQUI.

Vamos ao tema de hoje?

Leque de possibilidades

A variedade de escolhas que o Direito proporciona pode até gerar uma sensação de que tudo podemos, mas, ao mesmo tempo, a impressão é que nada possuímos de concreto.

Concurso público é uma opção muito desejada, assim como escolher se dedicar à atividade da advocacia, se especializando em alguma área, também é um caminho muito interessante. Mas essa é uma decisão muito pessoal e tudo vai depender dos seus sonhos e objetivos quando escolheu esta formação.

De fato, esta não é uma fase simples, mas lembre-se que você está diante de um desafio encantador de começar a escrever a sua própria história. Por isso, pense bem antes de tomar esta decisão que será o pontapé inicial da sua carreira profissional.

Pensando nisso, decidi resumir aqui 3 passos para te ajudar a escolher como preencher suas páginas em branco, para que você possa iniciar seus primeiros passos no mundo do Direito. Em especial, para você que escolheu se aventurar na advocacia privada e está pensando em se especializar na Advocacia Criminal. Vamos lá?

1 – Escolha uma área da Advocacia para atuar

Neste momento inicial, é importante se fazer algumas perguntas como: O que gosto de fazer e estudar? Em que campo do Direito eu me destaco? Diante do nível de indecisão neste momento da vida, conhecer seus talentos, competências e habilidades é um fator imprescindível para nortear sua vida profissional.

A atividade profissional constitui um período substancial de nossa vida, por isso, nada mais importante do que tomar suas decisões da forma mais consciente possível. Concorda?

Portanto, é importante que você queira trabalhar com algo que você sabe fazer bem, ou que possua habilidades específicas. E ao mesmo tempo, é fundamental trabalhar com um nicho de mercado da advocacia que lhe gere prazer em trabalhar e motivação para ir além.

Nesse sentido, se você sempre gostou de Direito Penal na graduação, sempre nutriu uma afinidade pela Advocacia Criminal, isso já é um grande motivo para iniciar a sua especialização nessa área. Isso aconteceu comigo: sempre gostei da disciplina na época da faculdade e esse foi um dos maiores motivos para me especializar na Advocacia Criminal. Melhor escolha que fiz para a minha carreira!

Se você acha que a Advocacia Criminal é uma opção para você, participe na Aula Magna de Especialização na Advocacia Criminal, que ocorrerá online e gratuitamente entre os dias 12 e 13 de abril. CLIQUE AQUI. Talvez, seja um grande passo para você escolher de vez se especializar nessa área.

 

2 – Avalie o nicho de mercado escolhido – Advocacia Criminal como uma área promissora

Realize uma pesquisa aprofundada, busque informações e dados sobre o nicho com o qual deseja trabalhar. Isto é essencial para verificar quais as necessidades de mercado daquele segmento em que você deseja atuar.

Percebo que muitos advogados concluem a faculdade e acabam escolhendo as mesmas áreas que já estão saturadas na advocacia. Isso é muito comum.

Entretanto, se você deseja ser um advogado de excelência, precisa entender o mercado e combinar isso com seus talentos.

É preciso ficar atento a algumas tendências que têm ficado mais evidentes no mercado jurídico. E para escolher um nicho de mercado da advocacia, você precisa considerar, pelo menos, essas tendências.

Nesse sentido, independentemente de qualquer crise no país, a Advocacia Criminal estará sempre em alta, diferente de outras áreas do direito que são mais procuradas apenas em momentos de crise, como é o caso da área trabalhista ou de família.

Portanto, em todo o momento são realizadas denúncias pelo Ministério Público e investigações pela Polícia. Portanto, sempre haverá a necessidade de atuação dos advogados criminalistas se dedicando à defesa de pessoas físicas ou jurídicas, iniciando pelas investigações, indo até o tribunal, se for o caso.

Além disso, existem vários nichos interessantes e possíveis de um advogado criminalista atuar, como a advocacia consultiva, que nos últimos anos, tem ganhado cada vez mais espaço no mercado; Criminal Compliance, outro nicho em alta, já que as empresas têm adotado diversas medidas preventivas para evitar grandes transtornos futuros; Advocacia especializada em Execução Penal, minha área de atuação atualmente como consultora, enfim, muitas outras oportunidades que você poderá escolher para se especializar na área criminal. Portanto, pense nisso!

Outro ponto importante é estabelecer um planejamento estratégico pessoal. Então, vamos ao próximo passo.

 
3 – Estabeleça estratégias – especialização na Advocacia Criminal

Nessa fase, é preciso definir algumas estratégias para se obter um bom resultado na sua atividade profissional. Com a escolha do nicho e a sua avaliação no mercado, é possível uma definição mais segura de um objetivo profissional em sintonia com suas habilidades e com o estilo de vida que você pretende levar. Mas, agora você precisa definir estratégias e trabalhar para alcançá-las!

Se você pretende se tornar um especialista na sua área, por exemplo, é necessário procurar uma Especialização na Prática da Advocacia referente ao nicho escolhido. Procure também participar de todos os eventos relacionados a sua área, como palestras, congressos, seminários, cursos de atualização/extensão.

Além disso, se você deseja ter o seu escritório é importante também buscar informações sobre os gastos que você vai ter. Em complemento, precisa ter a dimensão de quanto recurso financeiro precisa ter guardado para estar amparado no primeiro ano.

Você também pode definir se vai atuar como advogado correspondente neste início de carreira, em paralelo a sua advocacia especializada. Trata-se de uma das modalidades de prática jurídica mais modernas e utilizadas hoje em dia. Pode ser uma forma de conquistar sua independência jurídica sem depender de um grande escritório.

Enfim, são muitos os fatores que devem ser levados em consideração quando você estabelecer suas estratégias. Este é um passo essencial para iniciar sua carreira com o pé direito!

Sobre a especialização na prática da Advocacia Criminal, não posso deixar de reforçar o convite para a Aula Magna de Especialização na Advocacia Criminal, que ocorrerá gratuitamente e de forma online entre os dias 12 e 13 de abril.

Se você tem interesse em se especializar em Advocacia Criminal, venha para essa aula magna organizada por mim, Professora Cristiane Dupret, onde vou aplicar os conhecimentos acumulados por mais de 15 anos ao longo da minha carreira e das minhas especializações, notadamente no âmbito Penal.

CLIQUE AQUI

Lembre-se sempre que a melhor escolha é aquela que poderá proporcionar, além de sucesso, a satisfação e realização profissional.

LIVROS - CRISTIANE dUPRET

CLIQUE NA IMAGEM

Artigos Recentes

Pesquisar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conheça

o curso