fbpx

Qual é o melhor Curso para aprender a prática na Advocacia Criminal?

A prática para advogados iniciantes pode ser o maior desafio da carreira na Advocacia Criminal. Justamente por isso, muitos recorrem a cursos, treinamentos, mentorias e até mesmo livros que abordem a Prática na Advocacia criminal.

Meu nome é Cris Dupret, sou advogada criminalista consultora e mentora de advogados e há muitos anos venho me dedicando a preparar meus alunos para a atuação na advocacia criminal.

Neste artigo, quero que você se sinta preparado para saber o que um bom curso de prática na advocacia criminal deve oferecer.

Continue a leitura após assistir o vídeo:

Curso de Prática na Advocacia Criminal (CLIQUE AQUI) – Desde a contratação até a Sustentação Oral, com aulas em vídeo, dúvidas diretamente com Cristiane Dupret e Banco de Peças Editáveis.
ATENÇÃO: Clique Aqui, associe-se ao IDPB, tenha acesso imediato a 4 cursos completos e entre em um grupo do whatsapp com interação entre advogados de todo o Brasil.

Como dar os primeiros passos na Advocacia Criminal?

Um curso especializado na prática da Advocacia Criminal não é a única solução para vencer alguns medos e desafios, mas pode ajudar bastante. Desde aspectos do dia-a-dia mais simples (como escolher o nicho, como atuar na delegacia, como agir em uma audiência) até assuntos mais complexos (como a sustentação oral), um curso certo pode realmente facilitar a vida do advogado criminalista iniciante.

Mas é importante que você entenda que não há fórmula mágica e que o conjunto que te propicia aprender a prática vai além da escolha do curso, envolvendo networking, participação em eventos jurídicos, troca de informações com colegas atuantes na área e muito mais!

Para dar os primeiros passos na advocacia criminal, é importante que o curso escolhido aborde alguns nichos e ajude o aluno nessa escolha. Quais as vantagens de casa nicho?

O que um Curso de Prática na Advocacia Criminal deve abordar?

Bom, a primeira resposta é um pouco óbvia: O curso deve ensinar aspectos práticos, tais como a escolha do nicho de atuação, o atendimento ao cliente, a contratação, a identificação da peça processual cabível nas mais diversas situações, as teses a serem alegadas em cada peça, as diferenças nas alegações de preliminares e de mérito e logicamente deve perpassar por várias fases de atuação, como o acompanhamento ao cliente na delegacia, as peças de liberdade, a atuação durante o processo, em audiência e os detalhes que envolvem uma boa sustentação oral.

Mas é só isso que um bom Curso de Prática na Advocacia Criminal deve conter?

Penso que não! Quando desenvolvi o Curso de Prática na Advocacia Criminal aqui do IDPB, pensei nos demais aspectos que envolvem a prática: as parcerias, o networking, o peticionamento e muito mais! Justamente por isso, criei uma forma de interação entre os alunos das turmas por meio de um grupo com interação no whatsapp, assim como ambiente de dúvidas diretamente comigo, o que permite uma maior elucidação prática.

Também é importante saber o que fazer nas peças. Por isso, o Curso de Prática na Advocacia Criminal deve preferencialmente conter um banco de peças. Ao desenvolver o Curso, incluí ainda roteiros de elaboração detalhados, além dos modelos editáveis de peças processuais penais e de recursos. 

O que um Curso de Prática na Advocacia Criminal não é?

Tão importante quanto entender o que deve conter um bom Curso de Prática na Advocacia Criminal, é entender o que um Curso de Prática na Advocacia Criminal não é.

Perceba que existe diferença entre um curso e uma mentoria ou ainda entre um curso e uma consultoria, compreende?

Um Curso de Prática vai te ajudar de maneira geral em toda a sua atuação, vai enriquecer seu conhecimento prático, mas não vai te dar soluções mágicas para cada processo. A solução depende de uma série de peculiaridades e pode ser diferente para cada caso concreto.

Desta forma, em casos muito complexos, se você estiver no início da sua carreira e ainda não tiver muita experiência prática, avalie se vale a pena contratar uma consultoria individualizada para aquele processo. E lembre-se que esse é um custo que você pode passar ao seu cliente.

Espero que essas dicas tenham sido úteis para te ajudar na escolha do Melhor Curso de Prática na Advocacia Criminal!

Se tiver dúvidas, deixe nos comentários aqui do artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AULAS E MODELOS

Da contratação e captação de clientes

à sustentação oral

CONHEÇA O CURSO

PRÁTICA NA ADVOCACIA CRIMINAL

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

&

Receba Atualização Diária