Qual melhor Vade Mecum de penal 2022?

Qual melhor Vade Mecum de Penal 2022?

Muitos alunos e alunas do preparatório para a segunda fase de Penal da OAB, assim como muitos advogados criminalistas iniciantes na área, me perguntam qual o melhor Vade Mecum de Penal para adquirir no mercado. Se você está se preparando para a segunda fase da OAB, já sabe que o Vade Mecum é a sua única fonte de consulta e que existem várias proibições no edital sobre marcações e procedimento relacionados ao Vade Mecum, certo?

Eu sou a Cris Dupret, advogada criminalista consultora, mentora de advogados criminalistas iniciantes na prática penal e preparo para o Exame de Ordem há mais de 15 anos. Pensando nos candidatos que vão encarar a prova de Penal na Segunda Fase da OAB, hoje quero destacar aqui algumas orientações sobre o Vade Mecum ideal para você adquirir e as marcações permitidas pelo edital. Vamos lá?

Curso De Segunda Fase Penal – OAB – Curso completo, com aulas em vídeo de Direito Penal, Processo Penal, elaboração de peças, Leis Especiais, Simulados, Treinos Direcionados de todos os temas, Material em PDF, Modelos de peças e de recursos, Roteiros de elaboração, Ambiente de dúvidas com a Professora Cristiane Dupret, Tutoriais para resolução de questões, Tutorial para elaboração da peça. Para outras informações, CLIQUE AQUI.

Por que preciso saber manusear e marcar o Vade Mecum para a segunda fase da OAB?

Depois de longos anos preparando alunos e alunas para a segunda fase do Exame de Ordem em Direito Penal, sei a importância de aprender a manusear e marcar o seu Vade Mecum, que é o único material permitido para consulta durante a prova.

Exatamente por esse motivo, gravei um tutorial completo para você que está se preparando para a segunda fase da OAB em Direito Penal. Você poderá acessar o link ao final deste artigo.

A grande vantagem da prova de 2ª fase do Exame de Ordem é a possibilidade de consultar o Vade Mecum de Penal durante a prova. Contudo, de nada adiantará essa vantagem, se o examinando não souber manusear o Vade Mecum, ou tiver feito alguma marcação no Vade Mecum proibida pelo edital. Sim, o fiscal poderá retirar o seu Vade Mecum e você poderá ser reprovado por isso.

Mas, calma! Isso não é motivo para desespero. Basta seguir as orientações que eu destaco no tutorial e durante todo o Curso de segunda fase de Penal da OAB, que você poderá se sentir seguro com o seu Vade mecum durante a prova. Ele é o seu melhor amigo!

Praticamente tudo que será cobrado na prova, você encontrará no seu Vade Mecum, com exceção dos entendimentos doutrinários ou jurisprudenciais que não podem estar contidos no código. Então, possuir intimidade com o seu Vade Mecum e saber manuseá-lo, ou seja, saber encontrar as respostas nele é fundamental na hora da realização da prova. Além disso, saber manusear seu Vade Mecum durante a prova, fará com que você ganhe tempo ao não ficar perdido procurando respostas nele.

Lembre-se: você tem 5 horas para fazer a prova e parece muito, mas passam voando! Portanto, quando você já está acostumado com seu Vade Mecum e ele está bem-marcado, com marca-texto colorido, etiquetas estratégicas permitidas, remissões para artigos, leis e súmulas, com clipes coloridos para separar códigos ou leis importantes, enfim, tudo que for permitido no edital, você encontrará as respostas das questões de prova com mais facilidade e isso será importante para o equilíbrio do seu tempo de prova.

Como marcar o Vade Mecum da forma correta?

Como já destaquei acima, o próprio edital informa quais são os materiais e procedimentos permitidos e proibidos para consulta na prova. Leia atentamente essa parte do edital para que você não faça nenhuma besteira no seu Vade Mecum. Se um fiscal da sala observar alguma marcação ou material no Vade Mecum que são proibidos pelo edital, você poderá ser reprovado.

As simples remissões a artigo, lei ou súmula são permitidas apenas para referenciar assuntos isolados. Quando for verificado pelo fiscal advogado que o examinando se utilizou de tal expediente com o intuito de burlar as regras de consulta previstas neste edital, formulando palavras, textos ou quaisquer outros métodos que articulem a estrutura de uma peça jurídica, o uso do material será impedido, sem prejuízo das demais sanções cabíveis ao examinando.

As etiquetas de códigos e leis permitidas são aquelas fabricadas por gráficas. Não é permitido o uso de post it em branco.

Você pode usar caneta ou lápis para fazer as remissões no Vade e sublinhar. Eu sempre indico o uso de lápis! Mas, jamais podem usar remissões com o intuito de estruturar a peça! Fique ligado nisso!

Bom, existem muitas outras orientações que eu explico melhor no tutorial de marcação do Vade Mecum e durante o Curso de segunda fase de Penal da OAB. Meus alunos sabem exatamente o que podem e o que não podem fazer em seu Vade Mecum e vão tranquilos para a prova! É assim que você deve se sentir. O Vade Mecum é o seu melhor amigo antes e durante a prova! Se você seguir todas as orientações, não vai ficar tenso com isso.

Por isso, é muito importante você aprender a marcar o seu Vade Mecum com quem tenha experiência no assunto. Pois, além de aprender a como marcar o seu Vade Mecum da forma correta, sem nenhum risco de você ser reprovado por alguma marcação proibida, você também poderá ser orientado a adquirir o Vade Mecum ideal para a sua prova. Exatamente. Existem vários Vades no mercado, mas existem alguns que são direcionados à prova da OAB e específicos para cada matéria.

Qual Vade Mecum devo adquirir para a segunda fase de Penal da OAB?

A primeira orientação é: escolha um Vade Mecum atualizado até o dia do edital do Exame que você irá realizar. Não invente de realizar a prova com um código antigo ou que até seja novo, mas não esteja atualizado até o dia da publicação do seu edital de prova. Já vi casos em que o aluno não estava com o Vade atualizado e deixou de pontuar na prova, já que seu código não constava aquele gabarito por estar desatualizado.

A segunda orientação é: escolha um Vade Mecum sem índices estruturados para a peça processual, ou seja, sem “esquemas” ou remissões literais sobre a petição que você deve elaborar na segunda fase da OAB. Antes de adquirir, verifique bem o Vade Mecum para ter certeza de que o índice não está em desacordo com as regras do edital do exame. Por incrível que pareça, muitos códigos possuem este tipo de índice.

A terceira orientação é: dê preferência aos códigos que são organizados especialmente para a prova do Exame de Ordem e para a sua matéria da 2ª fase em específico, no caso aqui, Vade Mecum de Penal.

CLIQUE AQUI para assistir o tutorial completo de marcação do Vade Mecum

Esse tutorial faz parte do meu Curso Extensivo para a Segunda Fase da OAB em Direito Penal, onde não trabalhamos apenas o conteúdo de Direito e Processo Penal que você precisa ter para a Segunda Fase da OAB. Nós trabalhamos TODOS os aspectos para que nossos alunos façam uma boa prova!

Espero você no curso!

LIVROS - CRISTIANE dUPRET

CLIQUE NA IMAGEM

Artigos Recentes

Pesquisar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conheça Todos os Cursos do IDPB